Quais os benefícios do óleo de coco para a saúde íntima da mulher?

You are currently viewing Quais os benefícios do óleo de coco para a saúde íntima da mulher?

Os benefícios do óleo de coco na saúde íntima da mulher são pouco conhecidos, o que gera dúvidas sobre as formas de usar.

Sabemos que ser natural não significa que faz bem à saúde em todos os casos. É preciso compreender quais propriedades podem beneficiar o organismo e também como utilizar de maneira que possa ser aproveitado.

Por isso, trouxe neste artigo algumas informações sobre o óleo de coco. Um ingrediente que pode ser utilizado na vagina, sem preocupação.

Propriedades do óleo de coco

O óleo de coco conta com 90% dos seus ácidos graxos extraídos via prensagem da polpa do coco. Diversos estudos dão conta sobre os benefícios desse óleo para a saúde.

Sabemos que, por ser rico em ácido láurico e ácido caprílico, que possuem propriedades antifúngicas, antioxidantes, bactericidas e calmantes, trata-se de um excelente aliado na saúde vaginal.

Quando e como utilizar o óleo de coco?

Para aproveitar todos os benefícios do óleo de coco, separei algumas informações sobre o seu uso.

Hidratante após a relação sexual

Algumas mulheres podem apresentar ressecamento ou algum desconforto ao urinar após o ato sexual. Um dos benefícios do óleo de coco é hidratar a região nesse momento.

Durante a relação sexual

Ele também pode ser utilizado como um lubrificante natural na hora da relação sexual, principalmente para aquelas mulheres que sentem alguma dor na entrada da vagina no momento da penetração, em função de um ressecamento ou pouca lubrificação.

No entanto, óleo de coco não combina com preservativo de látex. O óleo de coco pode alterar a permeabilidade do preservativo, assim, recomenda-se utilizar um preservativo resistente a óleos vegetais.

Para fortalecer o Ph vaginal

Ele pode ser um grande aliado na manutenção do Ph vaginal saudável, além de auxiliar no contexto de algum tratamento por fungos ou bactérias.

Porém, nestes casos não basta somente fazer o uso do óleo de coco.

É preciso também avaliar a causa da infecção ou corrimento e fazer mudanças nos hábitos de vida. O óleo de coco aparece como um aliado.

Após a depilação

A depilação torna a pele mais sensível e exposta. Portanto, é interessante espalhar o óleo de coco para prevenir o ressecamento e prevenir fissuras na pele que envolve a virilha e a vulva.

Leia também: O que é DIU e quando é indicado?

Como fazer uso do óleo de coco?

O óleo de coco se solidifica naturalmente em temperaturas mais frias, assim como quando estiver mais quente ele se dissolve. Quando for utilizá-lo caso, é interessante apostar no formato de pasta. Basta colocar na geladeira por alguns minutos.

Também é interessante usar o óleo de coco para fazer lenços umedecidos naturais em casa.

Podem ser usados tanto na higiene íntima da mulher e até para limpar o bebê, livrando-se assim dos efeitos indesejados dos parabenos e outros elementos químicos que podem ser contaminantes.

No vídeo abaixo, explico como fazer os lenços umedecidos com óleo de coco:

Em caso de dúvidas sobre a eficácia do óleo de coco para a sua higiene e saúde, converse com seu médico.

Espero que este artigo tenha esclarecido suas dúvidas sobre os benefícios do óleo de coco para a saúde íntima da mulher.

Aula gratuita sobre vitaminas e suplementos na gestação

Assunto de vital importância para toda mulher que está grávida ou se prepara para engravidar.

A saúde do bebê começa muito antes da concepção e do nascimento.

É por isso que toda grávida precisa garantir os nutrientes necessários à formação do bebê.

A alimentação saudável é fundamental e a suplementação completa a nutrição, favorecendo o desenvolvimento de todas as áreas do bebê.

Preparamos uma aula exclusiva e 100% gratuita sobre Vitaminas e Suplementos que toda grávida precisa. Para acessar, basta clicar abaixo:

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.