Quais as principais causas de infertilidade?

Quais as principais causas de infertilidade?

As principais causas de infertilidade nem sempre são muito conhecidas pelas pessoas. Assim como as suas soluções que, felizmente, costumam ser abundantes.

Recebo em meu consultório muitas mulheres tentantes que tem extrema dificuldade em engravidar. “Doutor Domingos, eu não consigo engravidar de jeito nenhum e estou sem alternativas, o que faço?”

Afinal, é possível engravidar com saúde sem optar por “tratamentos” insanos e completamente danosos para o corpo. Basta entender o que exatamente pode estar causando esse quadro.

Causas da infertilidade que poucos falam

Saiba que infertilidade não envolve apenas o conceito de não fertilizar, mas sim de também não conseguir levar a gravidez a diante, por isso, cuidado!

Nem sempre as causas da infertilidade se dão por problemas maiores, os quais podemos considerar:

  • Obstrução das tubas uterinas;
  • Endometriose
  • Falência ovariana

No entanto, não podemos esquecer que causas menores também podem ser importantes.

Corrimento vaginal

Esse problema pode passar despercebido ou como inofensivo. Mas, dependendo da sua composição, pode ser um dificultador da gestação.

Se esse corrimento estiver repleto de fungos ou sua espessura não favorecer a mobilidade do espermatozóide, o gameta masculino pode morrer ou simplesmente não alcançar o óvulo da mulher.

Lesões no colo do útero

As lesões no colo do útero também podem dificultar a fertilidade, afinal, tem o potencial de alterar a flora vaginal e seu PH. Além disso, pode obstruir o caminho do espermatozóide até o óvulo.

Deficiência de vitamina D

O déficit vitamínico em geral pode prejudicar a fertilidade. A vitamina D, em específico, tem funções de:

  • Prevenir abortos
  • Melhorar a qualidade da ovulação
  • Prevenir hipertensão
  • Reduzir a chance de um parto prematuro

Por isso, quando está em falta, o casal pode ter dificuldades em conseguir a gestação.

Trombofilias

Cada vez mais comuns devido ao nosso estilo de vida, as trombofilias podem ser tanto causa de infertilidade como fator de risco para o abortamento de repetição.

Falo mais sobre a questão das trombofilias neste artigo.

O melhor tratamento

Podemos considerar como quadro de infertilidade quando o casal mantém relações sem nenhum método contraceptivo durante um ano. Também em casos de abortamentos repetitivos é considerado um problema de fertilidade.

Portanto, o tratamento adequado parte do diagnóstico bem apurado das causas da infertilidade.

Fazer inseminação artificial sem tratar os problemas orgânicos e psicológicos desta mulher e deste homem pode ser um fator de risco não só para a gravidez, mas para a gestante também!

Além disso, fertilizar um óvulo sem tratar a saúde da gestante pode colocar em risco as chances dessa gravidez transcorrer saudável e sem complicações

Falo mais sobre isso em meu canal do YouTube. Para conferir, basta dar um PLAY abaixo:

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.