Mudanças emocionais ao longo da gestação: quais as mais comuns?

You are currently viewing Mudanças emocionais ao longo da gestação: quais as mais comuns?

Quem já passou por uma gestação, sabe que é uma verdadeira montanha russa emocional. Para quem embarcou nessa viagem pela primeira vez, provavelmente já ouviu bastante sobre as mudanças hormonais ao longo da gestação.

Há quem diga que trata-se de frescura. Porém, está comprovado que as oscilações hormonais afetam enormemente a mulher ao longo da espera pelo seu Bebê Genial.

Separei as principais fases da gestação para marcar as mudanças emocionais mais frequentes.

As emoções da descoberta: o que ocorre no primeiro trimestre

O início da gestação fica marcado pelo pico da ação hormonal do Beta HCG e da progesterona.

É a fase da surpresa, do início do planejamento dos preparativos (nome do bebê, quartinho, enxoval). Além disso, é grande a ansiedade e a instabilidade emocional. A futura mamãe passa por alterações de humor e mudanças no apetite e no sono.

Assim, a tendência é de sensibilidade e irritação.

O aumento do nível de água no cérebro causado pela progesterona pode causar um retardo nos reflexos motores.

É comum, ainda, que o momento seja caracterizado por uma preocupação maior quanto à continuidade da gravidez, seja realizado o pré-natal e todos os exames importantes para garantir a saúde e bem-estar ao longo dos próximos meses.

Quando o bebê ganha forma: as delícias do segundo trimestre

A partir do quarto mês, o organismo materno já está adaptado à realidade de formar uma nova vida.

As preocupações relacionam-se à condição física do bebê. Afinal, no segundo trimestre são realizados exames que podem constatar patologias genéticas (como a síndrome de Down e Edwards, por exemplo)..

Nessa fase, a mamãe começa a sentir os primeiros movimentos do seu Bebê Genial, o que aumenta a conexão entre mãe e filho.

Essa percepção maior do filho e do próprio corpo é ampliada e as descobertas dão o toque mágico à gestação. Inclusive, é quando o bebê dá as primeiras curvas ao corpo da mãe, com a barriga ficando pontuda.

Muitas mulheres curtem demais essa fase da gestação, que costuma ser uma das mais tranquilas.

O preparo para receber o Bebê Genial no último trimestre

Aqui, a mamãe já está bem barriguda, sente maior cansaço mas também está ansiosa pelo momento do parto. O nível de outros hormônios fica elevado: o da ocitocina, para promover a contração uterina, e a prolactina, que ajuda na produção de leite.

A ansiedade com a proximidade do nascimento do filho pode fazer com que a mulher fique mais estressada, o que é preciso de atenção conforme já mencionamos neste artigo sobre estresse na gestação.

Diminuição na libido e introspecção também marcam esse momento em que a mãe se prepara para receber o novo e mudar totalmente sua vida.

Apesar disso, o preparo para o parto deve ser o mais tranquilo possível. É fundamental que a gestante converse com seu médico e seja bem orientada desde o seu pré-natal para esse momento.

A rede de apoio também é essencial para amenizar a ansiedade e preocupações.O trabalho da doula nessa fase pode ajudar a  empoderar ainda mais a gestante, deixando-a cada vez mais forte e preparada para o parto.

Assim, pode curtir muito mais os dias que antecedem a chegada do seu Bebê Genial!

Espero ter explicado sobre as mudanças emocionais ao longo da gestação.

Até a próxima!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.