Inteligência emocional do bebê inicia na gestação

Inteligência emocional do bebê inicia na gestação

Você sabia que a inteligência emocional do bebê forma-se ainda em sua vida intra-uterina? 

Todas as sensações que são transmitidas a ele enquanto ainda está no ventre materno.

Pesquisas científicas descobriram que quando uma gestante é submetida a situações de estresse prolongado, as chances do filho desenvolver depressão na vida adulta pode aumentar em quatro vezes.

A boa notícia é que existem maneiras de investir na inteligência emocional do bebê ainda durante a gravidez. Confira a seguir.

Evitar o estresse

Quando a mãe fica nervosa e ansiosa, o corpo libera hormônios como adrenalina e cortisol que são transmitidos ao bebê por meio do cordão umbilical.

Ele sente essas alterações maléficas com o aumento do seu ritmo cardíaco.

Na fase de formação do sistema neuronal, essa descarga de hormônios estressantes pode prejudicar a arquitetura cerebral, levando a déficits cognitivos e afetivos na vida adulta. E isso vale para o dia a dia no trânsito, no trabalho ou em casa.

Ouvir música

Conhecido como “Efeito Mozart”, há estudos que analisam o efeito do timbre clássico no desempenho das crianças em algumas tarefas que envolvam raciocínio espacial e temporal.

Evite também lugares barulhentos e agitados, isso pode trazer desgastes ao bebê, deixando-o inquieto e até irritado. A musicoterapia pode fazer muito bem para esse pequeno ser.

Conversar com o bebê

Seu filho percebe as diferenças entre os tons de voz e entonação e ainda reconhecer o som da mãe. Assim, uma mamãe que conversa de forma carinhosa com a criança vai conseguir transmitir o quanto ela é amada e esperada.

Dormir bem

Noites mal dormidas elevam os níveis de cortisol no sangue e prejudicam a gestação. Além disso, a gestante deve aproveitar enquanto pode para dormir com qualidade, afinal, levam alguns meses até que o bebê 

O papai participar

A presença paterna também ajuda a desenvolver a confiança e a inteligência emocional da criança. Vale conversar, alisar a barriga, demonstrar afetividade e o quanto a criança é bem-vinda.

Falamos sobre isso no vídeo abaixo. Para conferir, basta dar um PLAY.

Esperamos ter esclarecido sobre como estimular a inteligência emocional do bebê.

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.