Importância da vitamina C na gestação

You are currently viewing Importância da vitamina C na gestação

A vitamina C na gestação desempenha um papel fundamental no desenvolvimento do bebê. E por isso, deve ter seus níveis acompanhados ao longo da gravidez. 

Ela é uma vitamina solúvel em água e um poderoso antioxidante essencial, esteja você grávida ou não. Embora seja um impulsionador da imunidade bem conhecido, a vitamina C também desempenha um papel importante no organismo e pode até reduzir o risco de desenvolver doenças cardiovasculares.

Durante a gestação, esta vitamina tem um papel importantíssimo para o desenvolvimento do bebê, conforme explicamos no artigo abaixo!

O papel da vitamina C na gestação

A vitamina C, também conhecida como ácido ascórbico, é uma vitamina solúvel em água de que você precisa todos os dias, e a gravidez não é exceção. 

O corpo humano não pode armazenar vitamina C, então você precisará de um novo suprimento de sua dieta diária.

Durante a gravidez, a vitamina C é vital para a mãe e o bebê.  Você precisa dela para reparar tecidos e cicatrizar feridas, e também ajuda os ossos e dentes do bebê a se desenvolverem. 

A vitamina C também auxilia na produção de colágeno pelo corpo, ajuda a fortalecer a imunidade e, acima de tudo, melhora a capacidade de  absorção de ferro.

Alguns estudos associam níveis baixos de vitamina C no sangue durante a gravidez à pré- eclâmpsia. Por isso é extremamente importante certificar-se de que você está consumindo o suficiente quando está grávida.

Leia também::: O papel do iodo no desenvolvimento do bebê

A vitamina C é segura para a gravidez? 

Normalmente, as mulheres tomam suplementos pré-natais antes e durante a gravidez, porque elas são especialmente formuladas para apoiar o desenvolvimento do cérebro, do sistema nervoso e dos olhos do bebê. 

Enquanto as mulheres saudáveis ​​precisam de 75 mg de vitamina C por dia, as mulheres grávidas precisam de 85 mg de vitamina C por dia e as mulheres que amamentam precisam de 120 mg por dia. 

Portanto, a vitamina C durante a gravidez é certamente segura e benéfica para a mãe e o bebê, desde que a dosagem permaneça dentro dos níveis diários recomendados pelo seu médico.  

Melhores alimentos ricos em vitamina C 

Quando você ouve “vitamina C”, provavelmente pensa em laranjas — mas também pode olhar além das frutas cítricas e seu suco e ver muitas outras frutas e vegetais ricos e saborosos. 

Lembre-se de que a vitamina C não se mantém tão bem quando cozida, então tente comer alguns de seus alimentos com vitamina C crus todos os dias.

Aqui estão alguns alimentos saudáveis ​​para ajudá-lo a se saciar:

  • Pimentão vermelho: 95 mg por ½ xícara cru
  • Suco de laranja: 93 mg por ¾ xícara
  • Laranja: 70 mg por fruta média
  • Kiwi: 64 mg por fruta média
  • Pimentão verde: 60 mg por ½ xícara cru
  • Brócolis: 51 mg por ½ xícara cozida
  • Morangos: 49 mg por ½ xícara em fatias

A vitamina C ajuda o corpo a absorver o ferro, por isso é inteligente comer alimentos ricos em C junto com aqueles que contêm ferro, como frango com pimentão vermelho ou peixe com brócolis.

Leia também::: Como a meditação impacta no desenvolvimento do bebê

Cuide de você e do seu bebê!

A vitamina C oferece uma variedade de benefícios à saúde, como apoiar um sistema imunológico saudável, mas também fornece benefícios adicionais relacionados à gravidez. 

É seguro tomar vitamina C durante a gestação e é necessário tanto para a futura mamãe quanto para o bebê em desenvolvimento. 

Se você está grávida, segue uma dieta saudável e balanceada e toma vitaminas pré-natais, é provável que receba toda a vitamina C de que precisa todos os dias. 

Como sempre, você deve consultar seu médico antes de tomar qualquer medicamento, vitaminas ou suplementos durante a gravidez. 

Gostou do artigo sobre vitamina C na gestação? Então confira também nosso curso “Bebê Genial”, onde apresentamos vários outros suplementos essenciais para o bom desenvolvimento bebê. É só clicar no botão abaixo!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.