Entenda os riscos da exposição a ftalatos na gravidez

You are currently viewing Entenda os riscos da exposição a ftalatos na gravidez

Você pode não perceber, mas provavelmente encontrará ftalatos todos os dias. E esses produtos químicos são bastante prejudiciais durante a gravidez.

Os ftalatos estão em muitos plásticos, incluindo embalagens de alimentos, e podem migrar para os produtos alimentícios durante o processamento. 

Eles estão em produtos de higiene pessoal, como xampus, sabonetes e detergentes para a roupa, e no piso de vinil de muitas casas.

E apesar de diversos estudos mostrando que eles provocam graves problemas à saúde humana, eles seguem presentes em muitos itens.

No artigo abaixo, explicamos um pouco mais sobre os riscos da exposição a ftalatos na gravidez. Confira!

Quem corre risco?

Os ftalatos são produtos químicos sintéticos usados ​​para fabricar plástico. Eles ajudam a tornar o plástico mais flexível e mais difícil de quebrar.

Apesar de sua abundância em muitos produtos, os ftalatos podem ser prejudiciais para mulheres grávidas e seus bebês. 

Esses produtos químicos podem perturbar o sistema endócrino, as glândulas que liberam hormônios como mensageiros químicos do corpo. 

Estudos sugerem que isso pode levar mulheres grávidas a terem seus bebês prematuros. Outros estudos descobriram que crianças nascidas de mães expostas a altos níveis de ftalatos podem ter um QI mais baixo e pior desenvolvimento da comunicação social.

Além disso, essas crianças também têm maior probabilidade de desenvolver TDAH e problemas de comportamento. 

Os pesquisadores também encontraram efeitos no desenvolvimento genital de bebês do sexo masculino nascido de mães expostas a ftalatos durante a gravidez.

Gestantes são mais afetadas

Embora os ftalatos estão em quase todas as pessoas, descobriu-se que afeta principalmente as mulheres. 

Estudos mostram que muitos produtos de beleza direcionados a esse público contêm altos níveis de produtos químicos.

Bebês e crianças pequenas podem apresentar níveis elevados de ftalato porque costumam colocar produtos plásticos na boca enquanto exploram o mundo.

Os ftalatos podem entrar nos alimentos em muitos locais da cadeia de abastecimento, incluindo tubos de plástico para líquidos durante a produção, recipientes de armazenamento de plástico e até luvas de preparação de alimentos. 

Alimentos com alto teor de gordura, em particular, podem absorver ftalatos por exposição durante o processamento. 

Leia também::: Qual a importância da dieta no preparo para a gestação?

Como se manter segura na gravidez?

Os ftalatos são rapidamente metabolizados e geralmente removidos do corpo assim que a exposição termina. 

Até que haja uma melhor regulamentação, algumas mudanças simples podem fazer uma grande diferença na promoção da saúde e na redução dos níveis de ftalato em casa.

Uma mudança fácil é trocar todos os recipientes de embalagem de alimentos de plástico por recipientes de vidro. 

Se isso não for possível, é melhor deixar os alimentos esfriarem até a temperatura ambiente antes de colocá-los em recipientes plásticos de armazenamento de alimentos.

Não coloque no microondas nada de plástico, porque os ftalatos podem migrar dos recipientes de armazenamento de alimentos para os alimentos.

Além disso, você também pode reduzir a exposição ao ftalato verificando os rótulos para evitar o uso de produtos que incluem ftalatos, comendo menos alimentos processados que podem ter absorvido ftalatos durante a produção e cozinhando mais refeições em casa.

Leia também::: Equipe multidisciplinar: suporte importante na gestação!

Cuide da sua saúde

Como fica claro por meio de estudos, os ftalatos são disruptores endócrinos que afetam a todos, mas há um risco ainda mais grave durante a gestação, já que pode colocar a mamãe e o bebê em risco.

Por isso, procure evitar ao máximo os recipientes plásticos e jamais aqueça um alimento no microondas neles. Essa é principal forma de contaminação.

Esperamos que o artigo seja útil e garanta mais segurança para você durante sua gravidez. E para mais informações e muitas dicas sobre gestação, siga também nosso canal do Youtube!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.