Qual é o tratamento ideal para a Síndrome dos Ovários Policísticos?

You are currently viewing Qual é o tratamento ideal para a Síndrome dos Ovários Policísticos?

A Síndrome dos Ovários Policísticos, ou apenas SOP, é um grande problema na vida da mulher. Mas será que ela tem tratamento?

Tem sim! A SOP não tem cura, mas é possível realizar um tratamento que reduz muito os sintomas desagradáveis causados pela síndrome.


E a boa notícia é que o tratamento não é feito apenas com os anticoncepcionais, como por muito tempo se acreditou.

Ao contrário, hoje é possível tratar a Síndrome dos Ovários Policísticos de outras formas menos nocivas ao corpo feminino. E é sobre isso que abordamos no artigo abaixo!

O anticoncepcional

Por vários anos se achou que o anticoncepcional era a única forma de tratamento para a Síndrome dos Ovários Polísticos. 

Mas o que ele faz, na verdade, é apenas mascarar os sintomas.

Vamos fazer uma analogia para você entender melhor: imagine que seu carro está com um barulho no motor, e você leva ele até uma oficina.

Lá chegando, explica ao mecânico sobre o barulho no motor. O mecânico então vai lá, e desliga seu carro. Com isso, o barulho parou, certo? Mas não resolveu o problema.

É exatamente isso que os anticoncepcionais fazem. Eles simplesmente desligam seus ovários.

Ou seja, você está produzindo hormônios de uma forma completamente errada por conta de um distúrbio hormonal, e o anticoncepcional desliga seus ovários, o fazendo parar de produzir hormônios.

Tratamento para a Síndrome dos Ovários Policísticos

Claro que quando você para de produzir alguns hormônios, alguns sintomas também vão deixar de acontecer. Entre eles estão a acne, a oleosidade de pele, o crescimento de pelos, entre outros.

Mas isso não resolveu o problema. Não!

Sabendo disso é preciso saber que a SOP é uma condição relacionada muito com a dieta. Nesse sentido, a equipe multiprofissional tem que tratar essa mulher e fazer uma dieta específica.

Às vezes é necessário reduzir alguns carboidratos, fazer uma dieta que reduza sua resistência insulínica.

Além da dieta, é também superimportante fazer uma suplementação individualizada. Ou seja, ela precisa considerar cada mulher como única e atender às suas necessidades individuais.

Há diversos benefícios e vários estudos que comprovam que a suplementação tem ação específica, tanto para ajudar a mulher a regular os hormônios, como também melhorar os sintomas.

Além da dieta e da suplementação, é necessário aliar também a atividade física. Com esse trio, a mulher conseguirá ter seus níveis de hormônios regulados, voltará a ter melhor qualidade de vida e sua menstruação voltará a estar regulada.

Cuide de você!

Não tem como achar que você  trata um distúrbio hormonal dando mais hormônios, ainda mais hormônios sintéticos. As consequências podem ser catastróficas.

Os anticoncepcionais são remédios a base de hormônios, e que têm sim suas indicações. Mas não pode ser usado de forma indiscriminada e para apenas mascarar uma síndrome com inúmeros sintomas, como tanto já falamos aqui.

E mais importante: para mulheres que estejam querendo engravidar é importante tratar esses sintomas da SOP antes. Mulheres que engravidam na vigência desses ciclos irregulares, com hormônios irregulares, as chances de abordamento são maiores.

Portanto, procure um especialista, converse com seu médico, e alie uma dieta balanceada, o uso de uma suplementação receitada pelo profissional, e atividades físicas.

Dessa forma, com certeza você conseguirá vencer a Síndrome de Ovários Policísticos. Para saber mais, confere o vídeo que gravamos para nosso canal no Youtube. É só dar o play abaixo!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.