Como preparar as mamas para a amamentação?

Como preparar as mamas para a amamentação?

É comum achar que o sucesso da amamentação está no trabalho prévio de preparação das mamas. E é claro que não é assim! Ao contrário, o maior preparo está na cabeça das mamães.

Essencialmente, a preparação para a amamentação tem mais a ver com sua mentalidade do que com qualquer coisa física que você precise fazer. 

Mas essa dúvida acontece por conta principalmente das muitas informações que toda mulher recebe de amigas, vizinhas, familiares, sobre o que deve ou não fazer com seus seios.

A verdade é que você não precisa fazer nada específico. Seus seios saberão exatamente o que é exigido deles por causa dos efeitos dos hormônios da gravidez e a redução destes após o nascimento do bebê.

Mas para explicar um pouco mais sobre amamentação, e de que forma a mulher pode contribuir para uma melhor amamentação do seu bebê, preparamos o artigo abaixo repleto de informações! Vamos conferir?

Os desafios da amamentação

Amamentar é uma das coisas mais valiosas que você pode fazer para criar um pequeno ser humano saudável. 

Também é algo que uma nova mãe nunca fez antes, e algumas podem nunca ter visto pessoalmente um bebê de verdade sendo amamentado.

Diante disso, é natural existir dúvidas sobre como será a amamentação, se é necessário fazer um preparo especial das mamas, ou se tudo fluirá naturalmente. E a última questão é a verdadeira!

Amamentar é algo natural e que todos os mamíferos o fazem também de forma natural. E, porque com os seres humanos seria diferente?

Há, claro, algumas coisas que podem ser feitas, como a busca por informações sobre a amamentação. Isso permitirá que quando seu bebê nascer, você estará consciente de tudo o que está acontecendo.

Mais que isso, pesquisa mostrou que as mães que participam da educação sobre aleitamento materno amamentam por mais tempo. 

Eles também têm uma chance maior de amamentar exclusivamente durante os primeiros seis meses, como é recomendado pela Organização Mundial da Saúde.

Leia também::: Entenda o conceito de humanização

Como o corpo se prepara para a amamentação?

Você pode estar se perguntando como se preparar para a amamentação antes do nascimento? 

Os dutos de leite em seus seios crescerão e amadurecerão durante a gravidez, suas células produtoras de leite também começarão a se desenvolver e mais sangue chegará a seus seios do que antes. 

É por isso que seus seios ficarão muito maiores. Mas nem todas as mães vivenciam isso e, ainda assim, conseguem amamentar seus filhos. 

Seus mamilos também podem ficar maiores, pois serão fundamentais para a alimentação do seu bebê.

Seu corpo prepara naturalmente os seios para a alimentação e, portanto, não é necessário fortalecê-los de forma alguma. 

Essas mudanças são respostas hormonais à gravidez e ajudam a preparar os mamilos para a alimentação. 

Mas no passado, as mães eram incentivadas a “endurecer” os mamilos antes do nascimento, esfregando-os com toalhas ou uma bucha vegetal. 

A boa notícia é que isso é absolutamente desnecessário. Ou seja, na verdade seus mamilos devem ser macios e confortáveis ​​na boca do bebê – não “endurecidos”.

Além disso, usar uma bucha nos seios pode tirar toda a proteção natural da pele, tornando a mulher mais propensa a pegar uma infecção de pele, por exemplo.

As primeiras amamentações

Sim, é natural que as primeiras mamadas do bebê sejam mais doloridas. Isso não significa necessariamente que o bebê está pegando mal. 

Na verdade, seus mamilos precisam se ajustar a alguém chupando-os em busca de alimento, mas fique tranquila que em poucos dias seu corpo de adaptará a isso. 

Além disso, nos primeiros dias da amamentação, tente não usar sabonetes perfumados, perfumes e loções corporais, principalmente sobre ou ao redor dos seios. 

Produtos perfumados podem mascarar o cheiro natural dos seios e confundir o bebê.

Outro ponto importante é a pegada, que é a forma como o bebê pega seu seio. Quanto melhor for a posição, mais facilmente ele conseguirá mamar, além de dar mais conforto também a mamãe!

Leia também::: Benefícios da meditação na gravidez

Fique tranquila!

Como mencionado, o processo de amamentação é alto natural e que não exige nenhum preparo especial das mamas.

Quando chegar o momento, seu bebê saberá o que fazer, e seu corpo também estará pronto para amamentá-lo.

Além disso, ter o apoio e a compreensão de seu parceiro também pode facilitar um bom começo da amamentação. 

Se você é uma mamãe de primeira viagem e está preocupada com a amamentação, conheça nosso curso Bebê Genial. 

Lá você encontra todas as informações sobre o que corre antes, durante e depois da gestação que afeta diretamente na formação física, psíquica e comportamental do bebê. É só clicar no botão abaixo!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.