Preparo pré-gestacional: como deve ser?

Preparo pré-gestacional: como deve ser?

O preparo pré-gestacional é fundamental para o desenvolvimento do bebê. E por conta disso, ainda há muitas dúvidas sobre o tema. Mas fica tranquila que você não está sozinha.

O preparo do corpo da mulher que vai conceber é uma etapa muito importante. Afinal de contas, ela está prestes a gerar uma nova vida, e para isso seu organismo também deve estar preparado.

Uma etapa muito importante quando se fala em preparo pré-gestacional é que ele deve começar muito antes, e não apenas quando a mulher descobre que está grávida.

Aliás, o preparo deve iniciar assim que a mulher manifestar o desejo de um dia se tornar mãe.

O que é preparo pré-gestacional?

Quando falamos em preparo pré-gestacional, ele tem uma importância muito grande para não termos desfechos tanto fetais quanto maternos desfavoráveis.

É importante que a mulher tentante faça todos os exames necessários, para entendermos como está seu organismo.

Por exemplo, precisamos saber quais suas necessidades, o que tem de deficiências, o que tem de suficiências, quais suplementações são necessárias, entre vários outros fatores.

Importante lembrar que quando fazemos uma suplementação pré-gestação, estamos também fazendo uma programação metabólica adequada. 

Nela, daremos os nutrientes que ela terá de reserva para nutrir adequadamente o bebê. Isso também prevenirá uma série de problemas.

Muito se fala em suplementar o ácido fólico. Mas além dele, há muitos outros nutrientes necessários para se preparar para a gestação.

Leia também::: Como funciona a suplementação na gestação?

Importância dos exames

A realização de exames é extremamente necessária para entender como está a saúde da mulher. Eles servem também para detectar se ela tem algum problema que possa interferir na sua gestação. 

Entre eles estão:

  • Diabetes
  • Hipotireoidismo
  • Trombofilia

Há outras também, mas importante frisar que esse mapeamento prévio é primordial para conseguirmos prever quais os problemas futuros da gravidez.

Dessa forma, também é possível usar as estratégias terapêuticas adequadas para que a gestação transcorra da melhor forma possível.

Leia também::: Qual é o papel do obstetra no preparo pré-concepcional?

Além disso, é importante também que o corpo seja preparado, com a adoção de uma alimentação balanceada, evitando produtos industrializados e ultraprocessados. 

Estar com o peso adequado, praticar atividades físicas, não fumar e deixar consumir bebidas alcoólicas também é importante nesse processo pré-gestacional.

Consulte sempre o médico

Como fica claro, o preparo pré-gestacional é um processo muito importante na gestação. Até gostamos de comparar, dizendo que o organismo da mãe precisa de preparo antes de receber o bebê, assim como um aquário é limpo antes de receber os peixes.

Dessa forma, quanto melhor estiver preparado esse organismo, mais fortalecido e com os nutrientes essenciais, melhor será o desenvolvimento do bebê. 

Por isso, jamais neglicencie o preparo pré-gestacional. Ele é uma etapa fundamental no processo de formação do bebê e que trará consequências para toda a vida do seu filho quando bem executado.

Espero que tenha gostado do artigo sobre preparo pré-gestacional. E para aprofundar ainda mais seu conhecimento no tema, confira nosso curso Bebê Genial. Ele é repleto de informações para uma gestação saudável e inesquecível!

Clique no botão abaixo e garanta sua inscrição agora mesmo!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.