Atividade física no pós-parto: cuidados e quais exercícios escolher

You are currently viewing Atividade física no pós-parto: cuidados e quais exercícios escolher

Mamães, quando será que vocês poderão voltar a realizar atividade física no pós-parto? Essa é uma dúvida bastante comum, principalmente para aquelas mulheres que já eram ativas antes da gestação.

Claro que as mulheres não veem a hora de voltarem a sua rotina. Mas com a chegada do bebê, tudo muda na vida da mulher e mesmo as atividades físicas precisarão ser melhor planejadas.

Para falar um pouquinho mais sobre isso, e tirar essas dúvidas comuns às mamães, preparamos o artigo a seguir. Vamos conferir?

Atividade física no pós-parto

Então, quando será que a mamãe poderá volta a se exercitar? Na verdade, há um fator muito importante a se considerar: se foi parto normal ou cesariana.

Por exemplo, se foi feito uma cesariana, por motivos lógicos, é necessária mais cautela antes de realizar atividade física no pós-parto

Afinal de contas, houve uma cirurgia, em que foi feito um corte, sutura, e que precisa de mais cautela. Além disso, é avaliado quais os exercícios são mais indicados.

Por outro lado, o parto normal tem uma flexibilidade maior. De fato, a mulher que já praticava atividades físicas antes pode começar a retornar à sua rotina de exercícios também um pouquinho antes. Isso ali por volta de 20, 30 dias após o parto.

Claro que tudo sempre de forma leve e consciente.

Mas com o passar do tempo, é possível ir progredindo os exercícios conforme o sentimento de confiança vai aumentando. 

Leia também::: Tipos de parto: será que toda hora surge um novo?

E quais exercícios escolher?

O início deve ser bem leve, como uma caminhada. O importante é sempre sentir seu ritmo, ver como seu corpo de comporta.


Para as mulheres que realizaram cesariana, o ideal é sempre ter uma avaliação do seu médico. Mas em geral, ele vai liberar a mamãe ali por volta dos dois meses após o parto. 

O que é importante, independente do tipo de parto, é realizar sempre as atividades físicas de forma gradual. Como dissemos, começar com uma caminhada leve, depois uma esteira, uma bicicleta, subir escadas.

Uma atividade física mais intensa, mais extenuante, não é recomendada nas semanas seguintes ao parto. Aliás, nesse período é sempre melhor que a mulher esteja mais focada nos cuidados com o bebê, com a amamentação, e também com sua mente e corpo. 

É momento também da mulher se cuidar.

Mas as atividades físicas assim que possível também farão bem a ela. O exercício físico libera serotonina no corpo, que ajudará a descansar melhor, sentir maior bem-estar e a ficar mais feliz.

Cuidado com a diástase

Outro ponto importante é que nem todo exercício físico está liberado, principalmente por conta da diástase que ocorre na parede abdominal. 

Ela acontece ocorre de forma fisiológica na maioria das mulheres no pós-parto. A diástase é quando ocorre o afastamento e enfraquecimento dos músculos abdominais, por conta da distensão abdominal, da projeção do útero durante o crescimento do bebê.

Por isso, é importante conversar com seu médico e passar por uma avaliação. Ele avaliará se você não teve diástase e, se você fizer exercícios, poderá ter dor pélvica, dor lombar, e determinados exercícios podem até piorar esse afastamento muscular. 

Quando ocorre a diástase, o ideal é realizar exercícios indicados por profissionais, que atuam com essa recuperação pós-parto. Eles vão ajudar a mulher a voltar a sua forma, ficar mais ativa e também evitar o agravamento da situação.

Cuide de você!

Sabemos que muitas mamães não veem a hora de voltar a atividade física no pós-parto. Mas todo cuidado, calma e atenção é necessária. Queimar etapas pode ser prejudicial ao seu corpo. 

Portanto, com o passar do tempo, tudo vai se normalizando e até mesmo atividades aeróbicas mais intensas poderão ser feitas, como musculação, funcional, entre tantos outros. Tudo é uma questão de tempo!

Espero que tenha gostado do artigo sobre atividade física no pós-parto. E confira também o vídeo com a Dra Érica Mantelli sobre o tema!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Especialização em sexualidade humana pela Universidade de SÃO Paulo / USP.