Mitos e verdades sobre o ganho de peso na gravidez

Mitos e verdades sobre o ganho de peso na gravidez

Os mitos e verdades sobre o ganho de peso na gravidez geram dúvidas em muitas grávidas. Ao mesmo tempo em que o ganho de alguns quilos é o esperado, existe uma grande preocupação em relação à saúde.

Até que ponto é normal engordar enquanto espera pelo bebê? Reunimos algumas das dúvidas mais frequentes em nosso consultório para esclarecer esse assunto.

É normal ganhar um quilo por mês.

MITO. O ganho de peso varia de acordo com a mulher. No entanto, para estabelecer uma média, o mais comum é o ganho de 1 a 2 quilos por mês durante o primeiro trimestre. Após esse período, fica em torno de 500 gramas por semana.

A gestante engorda mais na reta final da gravidez.

VERDADE. É comum que a mulher ganhe mais peso devido à retenção de líquidos no final da gestação. No entanto, essa questão também varia de mulher para mulher.

Quanto mais engorda, maior o bebê.

MITO. O tamanho da barriga nem sempre está relacionada ao tamanho do bebê. Em muitos casos, a aparência de barrigão se deve à quantidade de líquido amniótico.

Se a mãe é obesa, existem chances da criança também se tornar obesa quando crescer.

VERDADE. O bebê de uma gestante obesa pode se tornar um adulto obeso, além de aumentar as chances de sofrer com hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e renais ainda na infância.

Se a gestante engorda muito no início da gravidez, pode fazer dieta no final.

MITO. A alimentação deve ser balanceada durante toda a gestação para evitar o ganho de peso e os problemas de saúde para mãe e filho. No entanto, as refeições durante o dia devem ser mantidas.

Se a mulher acima do peso descobre que está grávida não deve fazer dieta.

VERDADE. Como o bebê não pode ser privado de determinados nutrientes para garantir o seu desenvolvimento, fazer dieta não é indicado durante a gestação. Caso isso aconteça, o bebê pode sofrer desnutrição fetal.

Normalmente, a gestante ganha cerca de 12 quilos nesse período. A recomendação é que o controle do peso e as dietas para emagrecer sejam feitas após o desmame.

Leia também: Quais alimentos ajudam a imunidade da gestante

É normal engordar mais na segunda gestação.

MITO. A barriga costuma aparecer mais rápido devido à flacidez da musculatura já provada pela primeira gestação. No entanto, isso não reflete no ganho de peso.

A grávida precisa comer por dois

MITO. A mulher vai, sim, ganhar peso durante a gestação. Porém, ela deve comer o suficiente para garantir a nutrição do seu corpo e do bebê. A alimentação deve ser adequada às necessidades energéticas do seu dia a dia.

O objetivo é ganhar energia, em vez de comer por dois.

Fatores de ganho de peso

O controle do peso na gestação é muito importante para garantir a saúde de mãe e filho. O processo de ganhar peso é comum, afinal, existem diferentes fatores que influenciam, não exatamente relacionados à alimentação:

  • O crescimento do bebê (até 3,5kg);
  • A placenta (até 700 gramas);
  • O líquido amniótico (até 2kg);
  • O ganho muscular para sustentar o peso do bebê (cerca de 1kg);
  • O aumento dos seios (cerca de 400 gramas);
  • Aumento do volume de sangue no organismo;
  • Ganho de gordura (até 4kg até o fim da gesação).

Espero que este artigo esclareça as suas dúvidas sobre o ganho de peso na gravidez.

Até a próxima!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.