O que interfere em uma gravidez de gêmeos?

Gravidez de gêmeos é alegria dobrada!

A notícia de que existem dois bebês a caminho em uma única gestação emociona e surpreende mesmo aqueles casais que mais desejavam a gravidez.

Sei também que muitos papais e mamães sonham com uma gestação gemelar. Mas, você sabe o que interfere em uma gravidez de gêmeos? Será que a hereditariedade é o único fator de influência ou existe algo que o casal possa fazer para aumentar a chance?

Continue até o final deste artigo para entender o que interfere em uma gravidez de gêmeos.

Tipos de gêmeos e suas influências

Você pensa que os gêmeos são todos iguais? Saiba que existem dois tipos de gêmeos: os bivitelinos, que são os gêmeos fraternos, e os univitelinos, que são os gêmeos idênticos.

Os gêmeos fraternos

Chamamos assim os gêmeos oriundos de dois diferentes óvulos fertilizados por dois diferentes espermatozóides. Esses gêmeos não são idênticos e podem ser do mesmo sexo ou não.

Essa gravidez acontece porque a mulher liberou dois óvulos em vez de um, e ambos foram fertilizados. No entanto, os gêmeos não são iguais um ao outro. Tanto que poderiam ter sido gerados em gestações diferentes.

Os casos de gêmeos fraternos correspondem a dois terços das gestações de gêmeos.

Os gêmeos idênticos

Enquanto isso, os gêmeos idênticos são oriundos de um único óvulo fertilizado. Durante a divisão celular, pode acontecer do embrião dividir-se em dois ou mais, ocasionando a gravidez múltipla.

Por serem idênticos, esses gêmeos sempre serão do mesmo sexo. Esse tipo de gestação é mais raro e corresponde a apenas um terço dos casos de gêmeos.

Leia também: Podemos escolher o sexo do bebê?

O que influencia na gestação gemelar?

Ouvimos muito que a genética interfere em uma gravidez de gêmeos de forma direta. Isso até procede, porém, somente para a mulher e para gêmeos fraternos. Se a mulher tem histórico de gêmeos não idênticos em sua família, ela pode gerar gêmeos também fraternos.

Se o caso for na família do homem, já não influencia em nada. Isso devido a uma tendência de liberar dois óvulos em um mesmo ciclo.

Outros fatores que podem levar a dupla ovulação são idade acima dos 35 anos, tratamentos para engravidar e uso de anticoncepcionais hormonais por muitos anos.

No caso dos gêmeos idênticos, não existe nenhum fator de influência. A divisão do gameta que vai originar em um bebê é meramente ocasional e aleatório. Portanto, sim, questão de sorte, sem relação com genética ou qualquer outra causa.

Eu espero que este artigo esclareça a você um pouco mais sobre esse assunto tão curioso quanto divertido.

Até a próxima!

Dr. Domingos Mantelli

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) no ano de 2002. Possui Especialização / Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), concluída em 2004
Fechar Menu