O que é endometriose e por que não deve ser ignorada

Toda mulher deve saber o que é endometriose. Essa doença nem sempre é tratada nas conversas entre mulheres. No entanto, existem muitos motivos que devem colocar a endometriose como assunto importantíssimo entre todas as mulheres.

A primeira razão dentre todas é devido à sua frequência. Pelo menos uma em cada dez mulheres sofre com a doença. Quando não é tratada, seus sintomas e prejuízos são cumulativos.

Em média, o tempo que leva entre a mulher notar o primeiro sintoma até receber o diagnóstico é de 8 anos. Por isso, precisamos falar desse assunto!

Continue até o final para saber tudo sobre endometriose.

Características da endometriose

O útero é revestido por uma camada interna chamada de endométrio. Durante o ciclo menstrual, essa camada passa por um espessamento à espera de uma gravidez. Teoricamente, é nessa região que o bebê inicia o seu desenvolvimento.

Nos ciclos em que a mulher não engravida, a menstruação desce e descama o endométrio. Junto ao sangue, escorrem também as células mortas do endométrio.

No entanto, em algumas mulheres, ocorre um processo inflamatório onde essas células migram para outras regiões do corpo. Geralmente, vão parar em partes como os ovários, bexiga ou intestino.

Esse processo é altamente inflamatório, afinal, as células migram para locais onde não deveriam estar. Isso gera na mulher um sério problema, resultando em dores crônicas. Quando nada é feito, o problema apenas cresce.

Sintomas da endometriose

Os principais sintomas da endometriose são a dor para menstruar, a dor na relação sexual e a infertilidade. A mulher sente dificuldade não apenas para engravidar, como também para prosseguir com a gestação. Como gera muita inflamação no útero e nos ovários, as chances de uma gravidez bem sucedida são muito baixas sem o tratamento adequado.

As manifestações desses sintomas podem ser altamente incapacitantes. Devido às fortes dores, a mulher muitas vezes não consegue manter suas atividades cotidianas.

Outra questão peculiar relacionada aos sintomas é que eles não refletem a intensidade do problema. Enquanto uma mulher pode sofrer com muitos focos de endometriose e contar com poucos sintomas, outra pode ter endometriose leve e sofrer com fortes dores.

Leia também: Cisto no ovário causa infertilidade?

Qual o diagnóstico?

O pior de tudo é que, muitas vezes, a mulher costuma ser sub-diagnosticada com endometriose. Isso porque os exames de rotina não dão conta de identificar a endometriose.

Diante da suspeita, a mulher deve se submeter a uma ultrassonografia com preparo intestinal, realizada por profissionais experientes em diagnosticar a endometriose.

É por isso que, apesar de todas as queixas, pode parecer que está tudo normal em exames. Daí a importância de uma investigação a fundo por parte de uma equipe multidisciplinar para diagnosticar ou descartar a endometriose.

Eu espero que este artigo ajude você a entender o que é a endometriose. Aproveite para assistir ao vídeo abaixo e fazer sua inscrição em nosso canal do YouTube.

Dr. Domingos Mantelli

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) no ano de 2002. Possui Especialização / Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), concluída em 2004
Fechar Menu