Dicas para uma vida sexual ativa em qualquer idade

A vida sexual ativa é fundamental para a saúde da mulher em todas as fases da vida.

Enquanto converso com minhas pacientes no consultório, fica muito evidente que são detalhes do relacionamento que influenciam diretamente na frequência e na qualidade do sexo. Esse assunto precisa urgentemente deixar de ser tabu.

Mulher, você merece a plenitude em qualquer idade, e isso inclui uma vida sexual ativa!

No artigo de hoje, listei alguns aspectos de um relacionamento saudável – com seu parceiro e consigo mesma – para manter a vida sexual ativa e feliz.

Continue até o final do artigo para saber como melhorar a sua.

Sexo começa no café da manhã

Isso não significa que o sexo deve ser durante a manhã, a menos que seja da preferência do casal. Tem tudo a ver com o tratamento que o casal dá um ao outro logo ao acordar.

Se um dos dois, ou ambos, levantam movidos pelo mau humor, tratando mal um ao outro, as chances da frequência sexual cair são maiores.

Em especial quando o próprio homem fala com grosseria, ainda que de um jeito desligado, ele precisa ter consciência que a parceira guarda o sentimento que ficou enquanto a tratou assim. Por isso, na hora do sexo, pode ser que ele procure pela mulher e ela esteja chateada com algo que aconteceu durante a manhã.

Por isso, atenção ao tratamento logo ao acordar!

Crie intimidade nas pequenas coisas

Quando um relacionamento se consolida, a rotina é normal. Mas, quem disse que precisa ser algo ruim? Aproveite a convivência para criar intimidade naquilo que parece banal.

Você não precisa necessariamente fazer sexo quando não está disposta – e nem deve.

Estou falando de criar momentos de carinho no cotidiano. Seja assistir um filme, tomar banho juntos, começar um hobby como dança…

Nas pequenas mudanças, um parceiro inclui o outro no relacionamento sem focar necessariamente no ato sexual. A melhora da vida sexual aparece como uma consequência positiva.

Leia também: Sexo no pós-parto dói?

Tenha segurança e confiança em si

Para ser amada, é preciso se amar em primeiro lugar! Ninguém gosta de ficar perto de uma pessoa que exala negatividade e só fala dos próprios defeitos.

Todas temos momentos em que não nos sentimos tão bem. Momentos que variam conforme os hormônios do ciclo menstrual, o humor, fatores externos, entre outras variáveis.

No entanto, você precisa ter em mente que essas sensações são passageiras e tudo que há de bom permanece. Toda mulher tem algo de especial. Identifique seus pontos fortes e coloque seu foco nele.

Ser segura e confiante em si não está relacionado a encaixar-se em padrões de beleza impostos, mas sim como você se coloca para o mundo.

Seja criativa

Apesar da rotina maçante com casa, filhos e trabalho, muitas vezes é preciso sair desse ciclo para conquistar a qualidade na vida sexual. Você não precisa ser um gênio ou fazer coisas extraordinárias para agradar o parceiro.

Uma simples mensagem provocativa logo pela manhã vai deixar o parceiro louco para te encontrar à noite. Use o que você tem para surpreendê-lo!

O grande trunfo da criatividade é esse: você não precisa ser assim todos os dias, mas sim, criar uma ocasião que fuja do padrão como exceção. Tudo isso eleva o relacionamento e melhora em diversos aspectos.

Gostou das minhas dicas para uma vida sexual ativa e saudável? Eu espero que este artigo dê um gás no seu relacionamento.

Até a próxima!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.
Fechar Menu