Quando dar o primeiro banho do bebê?

Quer saber quando dar o primeiro banho do bebê? Continue a leitura deste artigo até o final.

Você não deve ter pressa para dar o primeiro banho do bebê. Ao nascer, a criança sai do útero coberta por uma pasta branca que é chamada de vernix caseoso.

Essa camada, formada até o terceiro mês da gestação, é a responsável por proteger o bebê de possíveis infecções advindas do líquido amniótico. Na hora do parto, esse vernix também ajuda a criança a passar pelo canal vaginal.

No entanto, os benefícios do vernix não encerram após o nascimento. Hoje, vamos listar algumas vantagens que você obtém quando deixa para dar o primeiro banho do bebê após as 24 horas do nascimento.

Leia também: A importância da humanização do parto

Proteção em diferentes sentidos

Ao nascer, seu filho tem o primeiro contato da pele com o ar. Esse contato pode ocasionar no ressecamento de toda a extensão da pele. Assim, manter essa camada de vernix auxilia o bebê a não ter a pele ressecada.

Isso sem falar na sensação de estranhamento que é deixar de ficar apertado no útero. Ao nascer, o bebê experimenta o contato com mais espaço e, consequentemente, com o frio.

A camada de vernix atua como isoladora para que o bebê lide de forma mais tranquila com as temperaturas mais baixas do que aquelas que ele já estava acostumado no ventre materno.

Essa proteção ajuda o organismo do recém-nascido a fazer a sua próproa regulação da temperatura. Por isso, se o bebê nasce com muitos resíduos do parto, a recomendação é apenas usar um pano para limpá-lo. Um banho pode resfriá-lo ainda mais, além de fazer que use energia e oxigênio extras para regular a temperatura.

Melhor ligação entre mãe e filho

Além da questão de manter o vernix, o primeiro banho do bebê também deve ser adiado pela questão do contato com a mãe. Assim que nasce, o pequeno experimenta sensações inéditas.

Esse é o momento ideal para a família – pai e mãe – dar as boas vindas ao pequeno. O contato do bebê com a pele da mãe dá o aconchego que ele precisa para iniciar a sua vida, salvo sob situação de emergência médica.

Além do contato pele a pele ser benéfico para o emocional, é excelente para o sistema imunológico. Da mesma forma, recomendamos que no primeiro momento a criança já seja amamentada pela mãe.

Logo nos primeiros 30 minutos após o nascimento, o bebê instintivamente procura o seio da mãe para se alimentar. Quando ele é amamentado nesse período, além de obter mais facilidade para consolidar o hábito, também passa a contar com um sistema imunológico fortalecido.

Por fim, manter o vernix na pele do bebê pelo tempo mínimo de 24 horas é uma recomendação da Organização Mundial de Saúde – OMS, para os casos em que não há risco de contaminação de nenhuma doença.

É por esses motivos que eu, como médico, asseguro a você, pai ou mãe: o primeiro banho do bebê pode esperar. Espero ter tirado suas dúvidas sobre o assunto.

Até a próxima!

Dr. Domingos Mantelli

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) no ano de 2002. Possui Especialização / Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), concluída em 2004
Fechar Menu