Atividade física e gestação são grandes aliadas

Você sabia que atividade física e gestação contribuem para a saúde da mamãe e do bebê? Ao contrário do que muitos acreditam, a mulher que já está se preparando para a gravidez não só pode como deve incluir as atividades físicas na sua rotina.

Os exercícios físicos são parte fundamental de uma vida saudável, independente da idade. O ideal é que desde crianças todos sejamos estimulados a procurar a prática de esportes e, após a vida adulta, de fato existir uma rotina regular de treinos. Acontece que durante a gestação, em especial, praticar atividades físicas traz grandes benefícios.

Para saber sobre a relação vantajosa entre atividade física e gestação, continue até o final deste artigo.

O que ganha a mãe e seu bebê?

Quando o corpo está ativo desde antes da concepção, o nível pressórico e a glicemia seguem estabilizadas, o que evita complicações futuras para mãe e filho.

Até mesmo as dores lombares, que são características fortes da gestação, costumam ser aliviadas devido à elasticidade que o corpo adquire ao se exercitar. Até mesmo os impactos do aumento de peso são sentidos com maior naturalidade.

Sem dúvidas, os exercícios trazem grandes vantagens para o humor da mãe. As alterações hormonais típicas da gravidez têm seus sintomas atenuados, afinal, os exercícios ajudam na produção de serotonina, dopamina e endorfina. Esses são os hormônios responsáveis pela sensação de bem-estar.

Outro grande benefício que é pouco explorado é sobre o auxílio para o trabalho de parto. Principalmente se tratando de parto normal, o corpo ganha mais elasticidade e, consequentemente, aumenta a sua força muscular.

Até mesmo a resistência às contrações é maior, bem como a consciência corporal por toda a gravidez até o momento do parto.

Leia também: Você conhece a relação entre melatonina e fertilidade?

Quais exercícios praticar?

Essa resposta é muito pessoal. O ideal é que você consulte seu médico para sanar as possíveis dúvidas desde antes de engravidar. Um bebê genial é formado de um corpo saudável, portanto, inicia muito antes da concepção.

Durante a gravidez, é claro que exercícios pesados não são recomendados. O foco é manter o corpo em movimento. Deixe para outro momento da sua vida os objetivos em relação à hipertrofia e outros similares.

Somente o seu médico pode avaliar seu estado de saúde para orientar o tipo, a frequência e o volume de exercícios físicos mais indicado para você.

Espero ter esclarecido com este artigo a boa relação entre gestação e atividade física.

Até a próxima!

Dra. Erica Mantelli

Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro. Título de Especialista em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro.
Fechar Menu