O que toda mulher deve saber para ter uma gestação saudável

Uma gestação saudável é o objetivo de qualquer mulher que está prestes a realizar o sonho de ser mãe. Como garantir a saúde do bebê ainda antes do nascimento? E como passar por essa fase da maneira mais saudável e tranquila possível?

Existem alguns hábitos que você pode e deve adotar para garantir uma gestação saudável. Pelo seu bem-estar e pela saúde do bebê, vale a pena seguir algumas recomendações à risca.

Leia também: Mitos e verdades sobre a gestação

  1. Gestação saudável começa no pré-natal

A prevenção de possíveis complicações inicia no pré-natal. Toda mulher fica vulnerável a condições como infecções urinárias, orais e ginecológicas, além de problemas no trato digestivo, aumento da pressão, entre outras, durante a gravidez.

Caso apresente qualquer um desses quadros, é fundamental que seja tratado a tempo a fim de evitar problemas maiores. Realizar as ultrassonografias é um momento prazeroso de poder ver o bebê, e até saber o sexo antes do nascimento, mas o objetivo é fazer o controle da saúde da mãe e do bebê.

  1. Alimentação saudável sempre

Ao descobrir a gravidez, a primeira providência de muitas mulheres é ajustar a alimentação. Não é por acaso. Uma gestação saudável passa pela ingestão balanceada dos nutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo.

Esqueça aquelas afirmações sobre “comer por dois”. O importante é consumir alimentos de boa qualidade nutricional. Devido à gravidez, seu corpo absorve os nutrientes dos alimentos com mais facilidade.

Pode ser uma vantagem, porém, pode causar mais fome na mãe e levar a comer em excesso. Um estudo divulgado em 2014 pelo Kaiser Permanente Medical Center da Califórnia (EUA) comprovou que mulheres acima do peso têm mais chances de dar à luz a bebês com mais de 4kg. Além de complicações no parto, a criança conta com maiores chances de desenvolver obesidade e outros problemas de saúde ao longo da vida.

Durante a gestação, cuide com a ingestão de sal por causa do risco de hipertensão e com o açúcar devido ao perigo de desenvolver diabetes gestacional. Bebidas alcoólicas também devem ser banidas durante o período de espera do bebê, a fim de garantir uma gestação saudável.

  1. A gestante pode e deve fazer exercícios físicos

Há quem acredite que a gestante não precise de exercícios, ou até que faça mal. Puro engano. As atividades físicas são imprescindíveis a uma gestação saudável.

Durante a gravidez, o corpo da mulher sofre mudanças na estrutura óssea e muscular, ocasionando em impactos diretos na postura. Esses impactos são atenuados pelos exercícios físicos.

Além disso, é uma maneira de manter o peso estável e até a recuperar a forma física com mais facilidade após o parto. Quer mais benefícios? A prática regular de exercícios auxiliam no bem-estar e relaxamento ao liberar hormônios que melhoram o humor.

Os riscos de sofrer com a depressão pós-parto também é menor entre as gestantes que se exercitam. Converse com seu médico desde o pré-natal sobre o assunto e procure orientação de um educador físico.

Normalmente, os exercícios mais recomendados são os de menor impacto, como caminhadas leves, pilates, hidroginástica e aulas de dança.

Espero que meu artigo ajude você a seguir com uma gestação saudável.

Até a próxima!

Dr. Domingos Mantelli

Dr. Domingos Mantelli

Graduado em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA) no ano de 2002. Possui Especialização / Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (UNISA), concluída em 2004
Fechar Menu